Pesquisadores da Fiocruz, fazem descoberta alarmante sobre nova mutação do vírus aqui no Brasil

Cientistas da renomada Fundação Oswaldo Cruz, no Amazonas, fizeram uma descoberta alarmante para o país. Segundo eles, uma nova variação do covid-19 foi descoberta aqui no Brasil, e a variante é compatível com o vírus encontrado no Japão depois que 4 brasileiros entraram em Tóquio. A notícia caiu como uma bomba nos noticiários.

No fim de semana, foi informado que o governo japonês tinha descoberto uma nova variação no vírus, distinta daquelas mutações altamente contagiosas, a partir das 4 mulheres que visitaram o Amazonas.

+  Afinal, Brasil vacina muito ou pouco? Veja 5 dados do ranking global

Em um esforço conjunto entre os órgãos foi criado um banco de dados central para que o vírus possa ser estudo, com base neste banco estudiosos brasileiros analisaram a nova cepa e identificaram a semelhança entre elas. “É o mesmo vírus, porém com muitas mutações”, revelou o pesquisador Felipe Naveca em uma entrevista exclusiva.


Vale lembrar que o vírus ainda circula por todo os locais do planeta terra, e as vacinas estão começando a serem liberadas agora, porém o número de casos da doença voltou a crescer em escala global, onde muitos cientista apontam que seja a segunda onda do coronavírus, e isso vem deixando todos preocupados ao extremo.

+  INCERTEZA E INCAPACIDADE: Brasil pode não ter condições financeiras para aplicar as duas doses da vacina contra Covid-19

Foi revelado que as novas variantes encontradas na proteína Spike, que faz a ligação entre o vírus e as células humanas, apontam que a nova forma do Sars-CoV-2 pode ter se tornado ainda mais transmissível, o que seria uma maneira de esclarecer o crescimento acelerado de pessoas infectadas pelo vírus.

Novos estudos estão sendo realizados para saber como proceder frente a esta nova ameaça e qual a melhor maneira de se proteger da nova mutação, ao mesmo tempo em que os casos estão aumentando o números de mortes também e a cada dia que passa mais e mais mortes são contabilizadas.

+  Pastor chamava Covid de ‘gripezinha’ mas muda de ideia após pegar o vírus e ficar 51 dias na UTI entre a vida e a morte

Hoje pela manhã Jair Bolsonaro afirmou que assim que a vacina for aprovada o país vai dar início à imunização.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário